Insecta Shoes

segunda-feira, junho 26, 2006

Passeio pelos 7 Lagos

Sábado, 15 de Abril de 2006

Hoje fizemos um passeio de 500km.
Acordámos às 7:00 e fomos tomar o pequeno-almoço e eu saí mais cedo para ir tirar umas fotos ao nascer do Sol.
O passeio de hoje consistia em ir almoçar na localidade San Martin de los Andes, ao lado do lago Lacar e fazer um percurso pelo Parque Nacional Nahuel Huapi (Ilha do Tigre).
A primeira paragem foi uma localidade chamada Confluencia, onde se juntam dois rios: Rio Traful e o Rio Limay.
O nosso guia indicou-nos que a razão de existirem tantas árvores mortas nos bosques é porque quando neva, o peso da neve em cima das árvores (que têm uma raiz muito fraca) faz com que tombem e o Parque Nacional não permite que as árvores mortas sejam retiradas, pois servem de adubo, depois de apodrecerem.
Chegamos a San Martin de los Andes, que fica junto ao Lago Lacar, e fomos logo para o restaurante. O almoço teve como entrada “empanadas” e o segundo prato foi carne argentina com patatas fritas e como sobremesa gelado.




Depois do almoço demos um passeio a pé pela cidade, fomos visitar o lago e ancoradouro e seguimos viagem, para irmos ver os Sete Lagos: Lago Meliquina, Lago Villarino, Lago Escondido, Lago Espejo Chico, Lago Espejo, Lago Correntoso e Lago Nahuel Huapi.
Paramos ao lado do Lago Correntoso, onde visitamos a casa de uma família de índios Mapuche, que têm como tradição fazer uma torta frita.
O próximo destino foi a Villa la Angostura, onde paramos para fazer umas compras.
O nosso guia indicou-nos que existe debaixo de um lago uma Floresta Encantada, que está submersa e que se realizam passeios através de mergulho nesse lago, para visitar essa floresta.
Verificamos que nas lojas existem à venda muitas fadas, duendes, bruxas e gnomos e perguntámos a razão ao nosso guia e este explicou-nos que como existem muitos bosques, os locais consideram que é o local onde eles vivem e por isso é propicio venderem tantos bonecos desses.

Sem comentários: