Insecta Shoes

segunda-feira, junho 26, 2006

Parque Natural de Ushuaia

Segunda-feira, 10 de Abril de 2006

Hoje o programa estipulado é ir visitar o Parque Natural de Ushuaia. Fomos até à Lagoa Ensenada, onde numa casinha pudemos, através do pagamento de 3 pesos, carimbar o nosso passaporte. Aqui também pudemos ver a Ilha Redonda, e por trás dela, já pudemos ver o Chile.
Aqui pudemos ver uma manada de cavalos selvagens, a pastar sozinhos e sem qualquer tipo de vedação onde podiam correr livremente, a Carolina fez uma aproximação e um deles gostou tanto dela que não parava de lhe dar que pequenas mordidas no braço.
Depois fomos ver a Lagoa Verde e depois demos um passeio a pé, através de uma floresta que mais parecia que estava encantada. O nosso guia informou-nos que o armamento pesado, que Bush não encontrou no Iraque é porque este estava escondido em Ushuaia, ou seja, eles possuem somente um revolver e uma faca.



Quando fizemos uma pausa para ir à casa de banho e tirar umas fotos, eu que me tinha afastado um pouco do grupo, tive um encontro muito rápido com uma lebre, no seu ambiente natural.




Depois fomos almoçar no restaurante chamado Patagónia Mia, o almoço não foi muito do meu agrado, pois era peixe, mas não pode ser sempre carne, não é verdade?
A seguir ao almoço, fomos de autocarro até ao aeroporto, mais uma vez o nosso guia explicou-nos o que íamos encontrar no próximo destino: El Calafate.
Ele também explicou que El Calafate é de primeira, porque mal pomos a segunda já saímos da cidade.
Depois de um vôo muito pequeno, só de uma hora, chegámos a El Calafate.
O nosso guia Marcelo indicou-nos que amanhã iremos almoçar no melhor restaurante, que fica perto do glaciar Upsala, pois esse é o único restaurante que lá existe.
Chegamos ao Hotel Alto Calafate, é lindooooo, tem uns focos de luzes a incidir sobre o hotel, que produz um efeito espectacular com umas cores lindas. E dentro do hotel a decoração é de tirar a respiração, gosto muito, têm muito bom gosto, uma decoração com linhas modernas.
Fomos recebidos com uns drinks, na sala d jantar, onde fizemos os ckeck-in e nos entregaram as chaves dos quartos, para irmos colocar a nossa bagagem de mão.
Depois fomos jantar, como não podia deixar de ser, o prato principal foi a típica e deliciosa carne argentina, estava tudo delicioso e muito bem apresentado.
E eu estava em pulgas para acabar de jantar para ir lá fora tirar umas fotos à fachada do hotel e também uma panorâmica da cidade, já que o nosso hotel ficava um bocado afastado e num ponto elevado, permitindo uma vista global e magnifica de El Calafate.
Nesta altura, quando estava a ver qual o melhor angulo para tirar as fotografias, apareceu o Diego (o representante da agência na Argentina), que me veio perguntar qualquer coisa, mas como eu não o estava a entender ele teve que repetir a pergunta três vezes, valha-me Deus, senti-me tão estúpida, e ele só esta a tentar saber se eu estava a gostar da paisagem. E respondi-lhe que sim, que estava a gostar muito, mas como estava a fazer muito vento e a temperatura estava muito baixa, quando acabei de tirar as fotos, fugi logo para dentro do hotel.

Sem comentários: