Insecta Shoes

sexta-feira, setembro 19, 2008

A Chama Pura de William Blake - Tracy Chevalier

Comecei a ler o livro na quinta-feira dia 11/09/2008 e acabei de ler na quinta-feira dia 18/09/2008

Londres, ano de 1792. Vivem-se tempos de revolução, nas ruas fala-se da decapitação do monarcas francesas, dos que já morreram, dos que podem ainda morrer. A família Kellaway, vinda do campo, tenta adaptar-se. Enquanto o pai arranja trabalho numa companhia de circo, o pequeno Jem apaixona-se por Maggie, vizinha de William Blake. O então jovem poeta e pintor, apontado como louco, descobria ainda o seu rumo como artista. Ligando de forma subtil e inteligente a vida do poeta ao de Jem e Maggie, duas crianças, Tracy Chevalier, autora de «A Rapariga do Brinco de Pérola», faz-nos descer aos infernos da fabulosa imaginação de W. Blake. Notável romance histórico.

«Um romance sobre as complexidades da vida. Chevalier tem especial sensibilidade para os detalhes, captando de forma magnífica as paisagens, cheiros e sons de um outro tempo.»
Chicago Sun-Times

«Uma delícia visual.»
The Times



Vizinhos de William Blake, o intempestivo artista inglês que deixou um impressionante obra poética e visual povoada de figuras míticas e dantescas que muito atemorizaram ou seus contemporâneos. Contando o percurso da família Kellaway, que migra de Dorset para Londres, logo percebemos o caos da capital inglesa em pleno séc. XVIII. Em França a guilhotina dita a Revolução e também a Londres chegam os ventos de mudanças com facções jacobinas e anti-jacobinas que se hostilizam.

De fazedor de cadeiras a construtor do cenário de um circo londrino, o pai arranja finalmente sustento, enquanto o mais novo dos filhos se enamora da espevitada Maggie, vizinha do estranho William...

Num delicioso e sensível retrato da Londres oitocentistas, Tracy Chevalier volta a encontrar o pretexto ideal para nos fazer penetrar no tumulto da cidade Londres há três séculos atrás, seguindo, em paralelo, o nascimento e afirmação do poeta William Blake.



Natural de Washington, EUA, onde nasceu no ano de 1962, Tracy Chevalier começou por trabalhar como editora, optando em 1984 por se dedicar à escrita. Depois de «The Virgin Blue» editou «A Rapariga do Brinco de Pérola» que se tornou um bestseller, logo adaptado ao cinema Peter Webber, a contar com as notáveis interpretações de Scarlett Johansson e Colin Firth. Seguiram-se «Quando os Anjos Caem», «A Dama e o Unicórnio». Neste «A Chama Pura de William Blake» a autora regressa aos domínios do romance histórico retratando um tempo de revolução, caos, turbulência.


William Blake

Poeta e pintor inglês nascido em Londres, em 1757, tendo falecido na mesma cidade, em 1827. Representante do pré-romantismo inglês, a sua escrita, de carácter visionário, baseia-se principalmente no misticismo e no simbolismo, sendo que a temática da auto-destruição do homem, e a sua consequente redenção, é uma constante em toda a sua obra. As suas principais obras são Canções de Inocência, de 1789, e Canções de Experiência, de 1794.

Sem comentários: