Insecta Shoes

quinta-feira, março 21, 2013

A um Passo da Felicidade - Giorgio Nardone

O amor é um dos temas que mais tem inspirado a humanidade. Da literatura ao cinema, passando pela psicoterapia, são diversas as áreas que reflectem sobre o amor nas diferentes manifestações. Diz-se que as mulheres teorizam demasiado sobre as relações amorosas e que, por isso, complicam o que é simples. Giorgio Nardone, um dos mais conceituados psicoterapeutas italianos, defende que, nas relações amorosas, e principalmente nas que fracassam, as mulheres têm tendência para interpretar sempre o mesmo papel, persistindo, assim, no erro.
Inspirado pela literatura e pelos mitos históricos, Nardone apresenta guiões nos quais podemos encaixar o comportamento das mulheres com o sexo oposto. Da camaleónica à fada, passando pela executiva, pela enfermeira ou pela bruxa, o autor identifica as principais personagens que as mulheres interpretam no amor e de que modo conduzem, invariavelmente, ao fracasso das relações.
Escrito de forma divertida e bem-humorada - já que aqui o psicoterapeuta é, sobretudo um homem, marido, amigo, confidente -, este livro apresenta-nos ainda histórias reais de mulheres que personificam os guiões apresentados e avança com soluções muito simples para que possamos viver um amor pleno. Com autoconhecimento e pequenas mudanças, as relações felizes são mesmo uma possibilidade.

«Um livro muito agradável, escrito por alguém que tem uma larga experiência a ouvir homens e mulheres nas suas aventuras de desventuras amorosas.» José Gameiro, psiquiatra in prefácio

A minha opinião:

Um livro pequeno e leve, que se lê muito bem. Está muito bem estruturado e organizado, ou seja, por 17 Guiões, um por cada tipo de mulher. (A fada, A procura do príncipe azul, A bela adormecida, A beijadora de sapos, A sedutora, A amazona, A camaleónica, A bruxa, A predadora, A enfermeira de serviço, A transbordante, A moralista, A executiva, A timoneira, A navio escola¸ A lambe feridas e A Penélope).
Conseguimos até achar alguma piada na forma como escrever as várias histórias. Mas no final quase parecem ser sempre histórias com finais infelizes, o que acontece pois os comportamentos dessas mulheres não são os mais corretos, o que levam por consequência ter relações com finais terríveis e o oposto dos finais cor-de-rosa.
Como conclusão o escritor tenta mostrar aos leitores, que para conseguirem um relacionamento mais feliz, tem que tentar mudar os seus comportamentos e formas de ser e de como vivem as relações. Não esperem a resposta para o problema das vossas relações amorosas, mas conselhos para tentarem utilizar as características das várias mulheres-guião, que são descritas no livro.
O escritor também faz referência a três aspetos que todas as relações/casais devem ter, para se manter uma relação saudável: o cortejo, a cumplicidade e exclusividade.

Sem comentários: