Insecta Shoes

segunda-feira, outubro 17, 2011

II Guerra Mundial



Menina:Tenho que lhe dizer uuma coisa, senhor... Tem no seu braço uma tatuagem sem graça nenhuma. É só um montão de numeros.
Senhor: Bem teria a tua idade quando ma fizeram. Mantenho-a como uma recordação.
Menina: Oh! ... Uma recordação de dias mais felizes?
Senhor: Não, de um tempo em que o mundo ficou louco.
"Imagína-te a ti mesma num país em que os teus compatriotas seguem a voz de um político extremista que não gostava da tua religião.
Imagína que te tiravam tudo, que enviavam toda a tua familia para um campo de concentração, para trabalhar como escravos, e ser assassinados sistemáticamente. Nesse sitio te tiravam até o teu nome para ser substituido por um número tatuado no teu braço.
Chamou-se a isso O Holocausto, quando milhões de pessoas foram mortas só pelas sua crenças religiosas..."
Menina: Então tu usas essa tatuagem para recordares o perigo das políticas extremistas!
Senhor: Não, querida. É para que tu o recordes.

1 comentário:

Pandora disse...

Certas memórias, mesmo que dolorosas, precisam ser conservadas e o judeos são mestres em preservar a memória do holocausto. Parabéns para eles, que todos os outros grupos vilipendiados, incompreendidos e maltratados ao longo da história aprendam essa preciosa lição! Não se pode esquecer certas coisas!