Insecta Shoes

terça-feira, setembro 20, 2011

Um Lugar sem Nome - May Tan

Comecei a ler este livro no dia 10/09/2011 e acabei no dia 16/09/2011.



Doze amigos americanos preparam-se para a viagem da sua vida ¿ partindo do sopé dos Himalaias chineses, considerados o verdadeiro Shangri-la, seguirão até às florestas inexploradas da Birmânia, para estudarem a arte e a cultura destes dois países. Mas, depois da misteriosa morte de Bibi Chen, a sua guia turística, os planos cuidadosamente preparados desmoronam-se, e a confusão espalha-se entre os viajantes. Na madrugada do dia de Natal, os amigos embarcam num cruzeiro por um lago enevoado… e desaparecem. Vagueando em plena selva encontram uma tribo secreta que se esconde num Lugar sem Nome e que acredita que um dos turistas é o seu salvador, o líder que tanto esperava para os libertar da violência do regime militar birmano.
Amy Tan tece uma história provocadora e apaixonante acerca da mente e do coração do ser humano, as acções que escolhemos, as questões morais que nos podemos colocar e, acima de tudo, as respostas profundamente pessoais que procuramos quando os finais felizes são aparentemente impossíveis.
Um Lugar sem Nome de Amy Tan

Críticas de imprensa
«Personagens fantásticas, imagens inesquecíveis, complexidade histórica, temas de grande relevância a actualidade e um extraordinário dom para o suspense que mantém o leitor em alerta durante todo o livro.»
Los Angeles Times

Sem comentários: