Insecta Shoes

quarta-feira, fevereiro 05, 2014

E o mestre disse MATA - Carlos J Fernandes

Laura é promovida e decide surpreender o marido, antecipando o seu regresso do estrangeiro.
Chega a Lisboa, ouviu barulho no quarto e pensou que eram ruídos da televisão.
Entrou e não quis acreditar no que estava a ver, o seu marido estava na cama, a ter relações sexuais com outro homem. Ambos deviam estar no cúmulo da excitação.
Fugiu e foi dormir para um hotel. Quando olhava para o telemóvel, passou distraidamente por umas imagens. Eram as imagens do marido a ter relações. Jurou que se ia vingar e não perdeu tempo.
Quando se reuniram para discutirem a separação do património, mostrou as imagens ao marido e disse que para começar queria tudo o que estava na lista que lhe entregou, e que continha um conjunto de exigências totalmente leoninas.
Este contou ao companheiro – Gustavo - o que se tinha passado. Ele convenceu-o de que ia tratar de tudo e nunca mais se teria de preocupar com a Laura.
Só havia uma maneira de resolver o problema: matando-a ou levando as pessoas a acreditar que ela tinha enlouquecido.
Conseguirá o Gustavo desequilibrar uma mulher, ao ponto de a levar a odiar os homens e a matar por diversas vezes, convencida de que são ordens que recebe de uma “O MESTRE”? Será que o Gustavo consegue ficar impune de tudo aquilo que fez?

Sem comentários: