Insecta Shoes

quarta-feira, junho 24, 2009

Amo-te de Morte - Catarina Resende

Comecei a ler este livro no dia 20 de Junho e acabei de ler hoje dia 23.

No universo de um estabelecimento prisional, seis detidos integram um grupo de reinserção social orientado por uma jovem psicóloga. Em comum, o facto de terem cometido homícidio por amor e de não apresentarem qualquer tipo de arrependimento.
O romance desenvolve-se numa sequência de episódios, que vai revelando o carácter e as motivações que levaram aquelas seis pessoas a matar: um pai, médico, que acaba com a vida da filha por não conseguir resgatá-la à toxicodepêndencia; uma namorada completamente apaixonada, que mata o companheiro por este recusar o filho que carrega no ventre; uma mãe extremosa que assassina a nora por achar que esta maltrata o filho; um pragmático homem de negócios que mata à queima-roupa o ex-companheiro da maquiavélica namorada; uma mulher sofisticada que não hesita em por termo à vida da sua melhor amiga por esta preterir o fulgor a que estava destinada em favor de um vulgar capricho e, finalmente, um rapaz acusado injustamente da morte do seu próprio irmão.
A ligar estas personalidades fantásticas, a psicóloga do estabeleciemnto prisional que, de mal com a sua realidade afectiva, perde-se no enredo das vidas daquele grupo de reclusos, nutrindo por eles um misto de admiração e repúdio. Um romance de afectos em que todas as personagens envolvidas revelam o quão sinuoso pode ser o caminho do amor.

No final, uma interpelação a um preconceito social: UM HOMICIDA É NECESSARIAMENTE UM CRIMINOSO?



Foi o primeiro livro que li desta autora e gostei.
É um livro que se lê num instantinho. É uma história interessante, que mostra que todos temos os nossos momentos de fraqueza e que mesmo aquelas pessoas que cometeram erros graves na vida, como matar, não deixam de ser boas pessoas.


Catarina Resende nasceu em Ílhavo há 32 anos. Licenciou-se, na Universidade Nova de Lisboa, em Ciências da Comunicação e frequenta o Mestrado de Ciência Política - Cidadania e Governação da Universidade Lusófona. É consultora e assessora de imprensa numa prestigiada agência de comunicação. Do Lado Errado da Noite é o seu primeiro romance.
E porque a linguagem dos afectos foi a que elegeu como a sua, "Amo-te de Morte" é a história que agora partilho.


1 comentário:

Mariane disse...

Olá!

Passei por aqui e gostei muito do blog, parabéns! Quando tiver um tempinho convido a conhecer o Compartilhando Leituras!!!

Abraços...