Insecta Shoes

sexta-feira, dezembro 10, 2010

A Lenda do Cisne - Jules Watson

Comecei a ler este livro no dia 29/11/2010 e acabei no dia 09/12/2010.

Um druida profetizou no momento do nascimento de Deirdre que ela seria a mais bela mulher depois de Helena de Tróia e que, devido a essa maldição de beleza, os homens lutariam por ela e o reino seria dividido. Criada na floresta, em reclusão, Dreide não recebe qualquer visita a não ser a do rei cujo desejo em que ela se torne sua mulher tornar-se-á numa obsessão. Baseado num célebre mito irlandês, a história de amor entre Maeve - a rainha guerreira - e os seus desamores.




Críticas de imprensa
“ As personagens de Watson têm, simultaneamente, um encanto sobrenatural e um lado comum que engrandece a sua fragilidade enquanto pessoas e a sua dedicaçãp à vida e ao amor. "
Library Journal

“ A história de Deirdre tem tanto de glorioso como de comovente e Watson utiliza a sua prosa magnífica e profundo conhecimento Celta para tecer um romance espantoso, positivo e mágico. Uma história de amor soberba, com personagens inesquecíveis.”
Romance Reviews Today

“ A escrita de Watson prende o leitor na primeira frase e não o larga até à última página. Os mitos e lendas irlandesas são famosos pelos seus pormenores e estrutura complicada mas, ainda assim, a autora consegue construir um incrível mundo de druidas, reis irlandeses e heróis lendários de modo directo e sensível. Uma leitura obrigatória para todos os amantes do folclore irlandês."
The Romantic Times



Jules Watson, nasceu em Perth, Australia.
Após ter terminado o curso em Arqueologia, na Universidade de Perth, viajou durante algum tempo por todo o Reino Unido, seguindo-se Alemanha, França, Turquia, Jordânia e Peru. Ao regressar, tirou uma segunda licenciatura em Relações Públicas, tendo trabalhado como escritora freelance. Os seus primeiros trabalhos consistem maioritariamente em poemas e pequenos contos, tendo sido vencedora de um concurso literário aos 15 anos de idade.
Reside, actualmente, na Escócia.

Sem comentários: