Insecta Shoes

sexta-feira, agosto 30, 2013

Filha do Tibete - Soname Yangchen

De uma infância de escravidão no Tibete até ao êxito de uma carreira como cantora de world music no Reino Unido - passando pelo encontro com o Dalai Lama nas montanhas do Nepal -, este livro é um testemunho magnífico sobre a incessante busca da liberdade.
Filha do Tibete conta-nos a história de Soname Yangchen e da sua luta contra a adversidade, num país que se tornara violento e perigoso.
Nascida no campo, no seio de uma família nobre durante a ocupação chinesa, Soname acabou por ser levada como escrava para Lhasa onde viveu uma infância difícil, longe da sua família e do mundo que sempre conhecera e amara. Com apenas dezasseis anos, e enfrentando perigos de que nem ela própria suspeitava, iniciou uma fuga para a liberdade.
Atravessando os Himalaias a pé, conseguiu chegar a Dharamsala, onde o Dalai Lama vivia exilado e onde o conseguiu, finalmente, conhecer.
Mas, mesmo tendo conseguido fugir do Tibete, a vida continuou a não lhe ser fácil e na Índia, país que agora a acolhia, deparou-se com novos perigos e complicações, tendo sido forçada a abandonar a filha que entretanto teve por, pura e simplesmente, não ter como a sustentar. Dona de uma persistência inquebrantável e de um profundo sentimento espiritual que nunca a abandonou, Soname faz amigos - bons amigos - com grande facilidade. Será graças a eles e à sua própria capacidade de trabalho e de fé verdadeiramente invulgar que conseguirá conquistar uma educação que sempre lhe fora negada e ligações na Europa que lhe permitirão vir para Inglaterra, onde acabará por casar com um inglês.
O seu talento para o canto foi descoberto por mero acaso quando, no copo-de-água de um casamento de amigos, cantou em honra dos noivos uma música tradicional tibetana, sem saber que um músico famoso, membro do grupo punk Sex Pistols, estava entre os convidados. A partir daí, a voz de Soname seguirá o seu caminho até ao reconhecimento do meio da world music e não só: uma vez mais à custa de muito trabalho e persistência, a cantora irá, participando em espectáculos, gravando discos, criando novas canções. Tudo isto enquanto trabalha em part-time a fazer limpezas.
Agora que as maiores salas de espectáculo do Reino Unido já se renderam à sua voz e à sua presença, que o agente da cantora Björk já a levou à Islândia em digressão e os seus discos passam nas rádios, a preocupação de Soname é, ainda e sempre encontrar a sua filha, que conseguiu finalmente reencontrar já adolescente e que espera possa querer vir a viver com ela em Inglaterra.
Soname é uma mulher notável, divertida e voluntariosa. A sua história é de uma imensa força, coragem e, acima de tudo, de um espírito livre, indomável.

quarta-feira, agosto 28, 2013

Encantamento - Alice Hoffman

Estrella deMadrigal pensava que sabia quem era: filha, neta, irmã, melhor amiga, amada. Ela é a Estrela no Céu Nocturno, a Verdade no meio da Escuridão. Mas, em Espanha, neste século cruel e impiedoso, a verdade é um bem precioso e raro. Os judeus que recusam a conversão ao Cristianismo arriscam tudo o que têm: o amor, a vida, a família e a fé. A certa altura, uma descoberta espantosa abala profundamente a existência de Estrella. E no entanto, esta mudança devastadora é provocada por algo pequeno e doce. Um beijo. O beijo de alguém que Estrella está proibida de amar. À medida que uma nova rapariga emerge do casulo de segredos no qual foi criada, a paixão desponta e a amizade desmorona-se - a traição acaba por libertar um monstro maligno das profundezas da terra. Estrella dá por si numa situação que nunca julgou ser possível; é alguém que nunca imaginou ser.

Bala Santa - Luís Miguel Rocha

Que acontecimentos estiveram por detrás da tentativa de assassinato do Papa na praça do Vaticano em 1981? Quem é, e o que sabia verdadeiramente Alia Agca, o turco que disparou contra João Paulo II?

Que forças ocultas gerem os destinos da igreja católica e conseguem nomear e destronar Papas, ocultando impunemente as suas acções?

Uma jornalista internacional, um ex-militar português, um muçulmano que vê a Virgem Maria, um padre muito pouco ortodoxo que trabalha directamente sob as ordens do sumopontífice, vários agentes dos serviços secretos mais influentes do mundo e muitos outros personagens dos quatro cantos do globo, envolvem-se numa busca pela verdade e descobrem que ela nem sempre é útil. Pelo menos não o foi para João Paulo II.

sexta-feira, agosto 23, 2013

A História de Edgar Sawtelle - David Wroblewski

Hamlet recontado com um brilho extraordinário e tendo como cenário uma quinta remota em Wisconsin. Edgar Sawtelle, um menino mudo e muito inteligente, vive uma vida idílica com os pais. Há gerações que os Sawtelle criam uma carinhosa raça de cão, ilustrada na perfeição por Almodine, a companheira de sempre de Edgar. Mas quando o seu pai morre de repente em circunstâncias misteriosas, Edgar culpa-se a si próprio, por não ter podido gritar por socorro. Destroçado pelo romance desesperado da mãe com o tio paterno, o seu mundo muda para sempre quando, certa noite de Primavera, vê o fantasma do pai. Depois da tentativa falhada de provar a culpa do tio, Edgar foge com 3 cães, mas o amor à mãe e aos animais, e a vontade de vingança, levam-no de regresso a casa. Nada é como ele esperava, e terá de se decidir entre a vingança ou a preservação do legado da família.

Críticas de imprensa
«A leitura obrigatória deste Verão.»
People Magazine
«Nunca houve livro como A História de Edgar Sawtelle.»
Stephen King

«Inesquecível.»
Washington Post Book World

«Um misto de thriller literário com bestseller.»
Publishers Weekly

segunda-feira, agosto 19, 2013

Pedra Pagã - Nora Roberts

A Pedra Pagã existe há centenas de anos, muito antes de três rapazes se terem reunido à sua volta e derramado sangue num pacto de irmãos, libertando inconscientemente uma força malévola desejosa de caos e destruição. Um desses rapazes, Gage Turner, foge do seu passado desde há muito tempo. Filho de um pai alcoólico abusivo, a sua infância na cidade de Hollow foi tudo menos fácil, e só a amizade com Fox e Caleb o salvaram.
Mas ao libertarem o mal sobre a sua terra natal, iniciando um ciclo de loucura e crime a cada sete anos, Gage sabe que terá que ajudar os seus amigos a salvar a cidade onde cresceu. Depois de uma vida inteira solitária, conseguirá ele criar laços emocionais com as três mulheres a quem está preso pelo destino, em especial Cybil? Uma história de amor em que só abrindo o coração se pode almejar derrotar as trevas.

A minha opinião:

Um fim de uma grande aventura, o fim de mais uma trilogia da grande escritora Nora Roberts. E que grande final, numa luta entre o Bem e o Mal, entre a Luz e a Escuridão, uma batalha em que os humanos vencem as forças malignas, em que a força da coragem, da amizade entre três amigos que nasceram no mesmo dia e as suas respetivas namoradas conseguem mostrar que a união e as energias positivas conseguem vencer a tristeza, o mal, o odio e o rancor.

Sim é verdade que é mais uma trilogia, que esta escritora nos tem vindo a habituar, quando junta ou três irmãs/irmãos e depois hão de sempre encontrar os seus respetivos amores/paixões, que no final acabam sempre por casar e viver felizes para sempre. É o tipo de romance que já estamos habituados e que estão sempre muito bem construídos. As personagens são credíveis e muito comprazíeis, que ao lê-las gostamos sempre de nos identificar com alguma das suas características. Os cenários são encantadores, muito bem descritos, uma pequena cidade onde todos se conhecem e onde apetece morar, uma típica cidade rural dos Estados Unidos.


Outras opiniões:
Neste terceiro e último livro da Trilogia dos Sete, Nora Roberts dá destaque a Gage e Cybil. Se Gage tem os seus fantasmas, com o falecimento da mãe e irmão por nascer e o histórico de álcool e violência do pai, Cybil carrega o fardo do suicídio do pai. Ambos partilham a dor da perda, mas também o dom da visão do futuro.

Como era de esperar, vão ser eles que tomarão a linha da frente na luta final de 7 de julho, o tudo ou nada contra o mal que se iniciou muito séculos atrás e que já custou muitas e muitas vidas, comprometendo agora toda uma cidade.

Se muito é previsível para quem já leu os dois livros anteriores, outro tanto nos surpreende, tendo Nora Roberts guardado umas quantas surpresas para este livro, algumas delas que envolvem as seis personagens centrais desta trilogia que, ao contrário de muitas outras dela, mantém todas as personagens ativas e bem presentes ao longo dos três livros, onde tanto as personagens femininas como as masculinos tomam a dianteira e surgem plenamente desenvolvidas durante a história.

Mas terminará tudo bem? Vencerá o bem? Mas a que custo? Desde o primeiro livro que se fala no sacrifício de sangue para vencer o mal. Significará que um deles tem de dar a vida por todos os que cá ficam? Isso só saberá mesmo nas últimas páginas.

Enquanto leitora regular desta autora, em especial das suas sagas e trilogias, considero esta uma boa história que recomendo sem reserva.

Destaco como pontos fortes o bom trabalho de desenvolvimento das personagens, o destaque equilibrado entre todas as centrais, em especial neste último livro; a abordagem consistente ao paranormal; e aquele aspeto que me faz continuar a ler os livros desta autora, a capacidade de nos envolver e transportar para a ação, vivendo-a a par com as personagens.

Deixa, no entanto, vontade de mais umas quantas páginas, em virtude dos acontecimentos que são referidos mas cujo desenrolar já não acompanhamos. Um epílogo alguns meses mais à frente seria a cereja no cimo do bolo.

quarta-feira, agosto 14, 2013

Cordeiro - O Evangelho Segundo Biff - Christopher Moore

Centenas de milhares de pessoas em todo o mundo leram - e releram - a história irreverente, iconoclasta e divinamente divertida da infância de Jesus Cristo, segundo o testemunho do seu amigo de infância, Levi bar Alphaeus (também conhecido por Biff). Agora, também tu poderás descobrir o que realmente aconteceu entre a manjedoura e o Sermão do Monte. Numa nova nota final, expressamente concebida para esta edição, Christopher Moore responde às questões mais colocadas pelos leitores acerca do livro e de si, desde a primeira publicação de Cordeiro. Fresco, divertido, pungente e sábio, Cordeiro tem sido alvo de regozijo para os leitores de todo o mundo.

segunda-feira, agosto 12, 2013

Telescópio de Ambar - Philip Pullman

O último título da trilogia «Mundos Paralelos» – «O Telescópio de Âmbar»- consagra Philip Pullman como um escritor que alia a popularidade à qualidade literária. Assim, com este livro Pullman foi o primeiro autor de literatura infantil a ser distinguido com o 'Whitbread Book of The Year Award', inaugurando este galardão com o primeiro romance para crianças. Mas na verdade, o público alvo desta trilogia é mais juvenil, já que o universo da acção se desenrola num mundo adulto, sendo os adolescentes os leitores mais receptivos a esta saga. O «Telescópio de Âmbar» recebeu ainda o 'Children’s Book of The Year Award' e foi nomeado para o 'Booker Prize'.
Traduzido para mais de 20 línguas em todo o mundo, este terceiro volume, considerado por muitos uma obra-prima, completa esta trilogia revelando-a como um incontornável clássico, que será adaptado ao cinema.

Um Verão em Siena - Esther Freud

Estamos em Julho, três meses depois do décimo sétimo aniversário de Lara e uma semana antes do casamento real entre Carlos e Diana. A convite do pai, Lara decide passar o Verão longe da poluição de Londres e sob o sol da Toscana. É aí que conhece a família Willoughby, cuja piscina é palco das mais indolentes e voluptuosas tardes. Ricos, sensuais e manipuladores, rapidamente a envolvem nas suas alianças familiares e conspirações. À medida que Lara se rende aos encantos do belo e despreocupado Kip Willoughby, mais intensa é a sua curiosidade, mas também as suas dúvidas e o seu medo. E assim começa a mais inquietante e arrebatadora jornada da sua vida…
Um romance inesquecível sobre famílias, segredos e amores; uma evocação perfeita do calor indolente, das piscinas refrescantes e dos longos almoços de mozzarella, prosciutto e vino bianco apenas possíveis em Itália. Um mundo simultaneamente sedutor e perturbante, em que facilmente se partilha a mistura de atracção, inveja e temor que Lara sente.

Eu, Ela e os Vampiros - Carlos Rodrigues

"A noite sempre foi o seu palco favorito, embora nos últimos tempos, agraciados com o imenso poder do Vampiro Supremo que tinha grande parte do seu mundo no seu controlo, pouco se cuidavam com a estratégia dos seus ataques, destruindo tudo e todos à sua passagem, sem cessar, sem misericórdia..."
Na mente de Diana surgiu o globo azul que, lentamente, era tingido por manchas negras, ouviu gritos de dor, viu homens a lutarem contra sombras roxas e aldeias a serem destruídas. Florestas inteiras ardiam e os montes cediam à força de um exército negro que, liderado por uma criatura grotesca, marchava sobre o mundo...
Mesmo quando todo o mundo parecia conquistado, uma intensa luz branca brilhou e fez a onda negra recuar. A luz branca fez a Diana virar-se na cama repetidamente, até despertar, encharcada em suor.

Traição - Lyndsey Harris

Uma mãe. Uma filha. Uma família destroçada.
Sarah Harris era uma criança feliz e apreciada por todos. Até se tornar, repentinamente, no alvo de um inimigo perigoso mas invisível — e a sua vida, e da família, transformou se num verdadeiro inferno. Em pouco tempo, a menina de seis anos foi suspensa da escola, alienada pelos amigos e vítima de suspeição no seu próprio lar.
Para a mãe, Lyndsey, foi como viver para além dos seus piores pesadelos. A filha que tanto amava parecia ter se transformado de um dia para o outro numa criança de quem quase tinha medo. A sua menina fazia o impensável: cortava tudo e mais alguma coisa, tentava envenenar os amigos, e chegou inclusivé a acusar os próprios pais de abuso sexual.
Em breve, o casamento de Lyndsey ficou à beira do abismo, os serviços sociais ameaçaram retirar as crianças aos pais e Lyndsey teve de lutar com todas as forças para manter a família unida. Mas o pior estava ainda para vir, quando Lyndsey descobre que foram todos vítimas da traição mais dolorosa…

sexta-feira, agosto 02, 2013

Sorte Explosiva - Janet Evanovich

A vida da caçadora de recompensas, Stephanie Plum, está em sérias dificuldades neste novo romance explosivo de Janet Evanovich.
Antes sequer de Stephanie conseguir sair do seu voo 127 do Hawai para Newark, já ela se encontra em grandes sarilhos. As suas férias de sonho foram transformadas num pesadelo e está de regresso a New Jersey sozinha. Para piorar, o seu companheiro de viagem nunca regressou ao avião depois da escala em Los Angeles. E agora ele está morto, e todos, criminosos, psicopatas, já para não falar no FBI, estão à procura de uma fotografia que ele supostamente trazia consigo.
Apenas uma pessoa viu essa foto: Stephanie Plum. E agora, ela é um alvo a abater. Um especialista de desenho no FBI ajuda-a a reconstituir a pessoa na fotografia, mas as capacidades descritivas de Stephanie não são as melhores. Enquanto não conseguir melhorá-las, ela tem de ter cuidado.


A minha opinião:


É o terceiro livro que leio desta escritora, mas este é o segundo livro da coleção Stephanie Plum.

A escrita é simples e divertida, uma história cheia de ação. A Stephanie deve de ser a caçadora de recompensas mais desastrada do mundo, e sem ser ofensiva até um bocado burra, pois está sempre a cometer os mesmos erros, acho que ela não aprende com o primeiro erro, nem com o segundo ou com e terceiro. Ela é demasiado inocente, não vê o mal nas outras pessoas e confia demasiado nos noutros.

São umas boas horas passadas a ler as mirabolantes aventuras em que a Stephanie se envolve com a sua amiga Lula (uma personagem que não consegue parar de comer e é deveras impressionável, pois basta lhe dizerem alguma coisa, que ela acredita logo que lhe está a acontecer a ela).

Neste volume a Stephanie encontra os seus sentimentos divididos entre o policia Morelli e o segurança Ranger e não sabe para que lado se à de virar.

Que continuem a publicar os restantes volumes desta coleção e desta escritora, a não perder, para quem gosta de um livro de ação repleto de bom humor.