Insecta Shoes

quinta-feira, junho 27, 2013

O Bando das Cavernas: Códigos Secretos - Nuno Caravela

Este livro, vindo dos confins do tempo, está repleto de aventuras e gargalhadas. Tudo por causa de um grupo muito especial de amigos: o Tocha, a Ruby, o Menir, o Kromeleque, o Tzick e o Sabre.
Eles são o Bando das Cavernas!
Acompanha-os numa aventura misteriosa, na qual as fórmulas secretas dos livros podem fazer de ti um gigante! Depois, descobre um mapa que te irá levar a conhecer as piranhas-impossíveis e um lugar da pré-história muito especial. Por fim, participa numa festa-surpresa - tão secreta que acaba numa confusão de códigos e mensagens impossíveis de compreender!

Confissões de uma Suspeita de Assassínio - James Patterson

Malcolm e Maud Angel eram pais altamente exigentes. Quando são assassinados, a filha mais velha, de dezasseis anos, Tandy, torna-se a principal suspeita do crime. Nesse mesmo dia, ela decide descobrir quem é o verdadeiro assassino, ainda que seja ela própria ou um dos irmãos.
Tandy é uma rapariga-prodígio, incrivelmente inteligente e com Conhecimentos fora do vulgar. E agora também é herdeira de uma grande fortuna… Ela guarda muitos segredos, que regressam para a atormentar. Sente-se perdida, vítima da educação recebida dos pais. Mas não seria capaz de os matar… ou seria?
Um thriller emocionante e de leitura compulsiva, onde todos os segredos de Tandy, até os mais obscuros, são revelados. Quem sabe aquilo de que ela é, realmente, capaz?


A minha opinião:


Adoro os livros deste escritor, James Patterson. E já verifiquei que tem um leque bem diversificados de coleções (Women’ s Murder Club, Alex Cross, Maximum Ride, Teen Detective Series, Jack Morgan, etc.), são especialmente livros de crimes, policias, aventura ou livros de ficção científica.

São sempre livros viciantes, que nos agarram logo nas primeiras páginas. Já havia referido que gosto da estrutura dos livros deste escritor, capítulos pequenos que não incentivam a seguir sempre para o próximo capitulo. As personagens são bastantes credíveis e conseguimos simpatizar com eles. O ritmo da história é sempre a correr o que não deixa os nossos corações abrandar e queremos sempre saber o que vai acontecer a seguir.
É mais uma coleção que vou querer acompanhar com bastante interesse.

quarta-feira, junho 26, 2013

Tom Gates: Desculpas Perfeitas (e Outras Coisas Fixes) - Liz Pichon

Eu sou o Tom Gates. Adoro desenhar e estou sempre a inventar esquemas para me baldar aos TPC. Por acaso até gostava de entrar no quadro de honra do Prof. Fullerman, mas isso está a parecer-me bem tramado. E sabem porquê? Porque:
1. O Marcus Melfrew é um puto irritante e traiçoeiro, e parece-me que anda a tramar alguma;
2. O meu dente dói-me tanto que nem consigo concentrar-me em desenhar na sala de aula;
3. Continuo a deixar-me distrair por atividades interessantes como nadar, apanhar bichos e, claro, continuar a chatear a minha irmã Delia.



A minha opinião:


Um livro bastante divertido para o público juvenil. Um livro repleto de desenhos engraçados e cheio de piadas.

Não tive a oportunidade de ler o primeiro livro do Tom Gates, que acredito que também tenha sido bastante alegre. Neste volume Tom conta-nos sobre as suas férias, sobre os trabalhos de casa que devia ter feito (mas se esqueceu), sobre o primeiro concerto da sua banda (os Zombies Caninos), que correu super bem!!! (no Lar de Idosos, hahahah!!!).

Fala-nos sobre o seu problema dentário e como ele bem evita ter que ir ao dentista (bem, mas quem é que gosta de ir ao dentista??) e como consequência tem que evitar de comer doces (mas que grande sacrifício.). Fala-nos da sua “ADORADA”, irmã Delia (que como gosta tanto dela … até lhe dedicou uma musica) e como faz de tudo para evitar tocar na banda da escola (eles sabem lá tocar instrumentos???).

Bem acho que depois de ler o livro do Tom, apanhei alguns hábitos dele..lol… ele é super divertido e tenho a certeza que vais gostar muito de ler as suas aventuras (e são imensas…), por isso pede aos teus pais, tios ou fosseis (hahaha .. aos teus avós), para irem a uma livraria mais próxima e oferecerem-te este novo livro do Tom… mas se calhar vais ter que te portar bem para poderes merecer receber um livro… por isso vê se não copias aqui o Tom, porque o que ele gosta de fazer não é o mais adequado e não vais de certeza receber nenhuma estrela para o quadro de honra.

Inverso - L.C.Lavado

Numa pequena vila costeira do norte do país, um acidente do destino faz com que dois mundos se toquem.

Ivana, uma adolescente sonhadora com cabelos cor de fogo, está prestes a viver o seu amor de infância com Bernardo, quando uma figura de negro envolta em mistério entra na sua vida trazendo consigo a magia e pondo tudo em causa.

Gabriel é a figura de negro, e o seu amor por Ivana vai reacender uma guerra ideológica dentro de uma sociedade nómada oculta que desde o século XVII tem vindo a evoluir à margem do resto do mundo.

A sua história será rodeada por um conjunto de personagens muito singulares, algumas coloridas outras sombrias, mas todas complexas, procurando influenciar os dias e as noites numa luta pelo desfecho final em que acreditam.


A minha opinião:

Adorei!!! É uma história linda, adorei... e o final fez-me chorar....

Fiquei bastante supreendida, com a história... temos mesmo muitos portugueses com talento.

Muitos Parabéns à Liliana
Muito obrigada por partilhares o teu talento com todas as pessoas... obrigada pela oportunidade de ler este livro, espetacular, simplesmente fantástico.

A Joia das Sete estrelas - Bram Stoker

Um ataque misterioso subitamente desencadeado contra o pai de Margaret Trelawny faz com que o jovem advogado Malcolm Ross acorra a casa do eminente egiptologista. Por entre múmias e diversas relíquias orientais estão atuantes forças muito antigas, maiores do que qualquer deles poderia ter imaginado. A rainha Terra despertou e prepara-se para vir tomar posse daquilo que acredita ser seu. Passado em Londres, na Cornualha e no Egito e escrito numa altura em que o fascínio pelo Oriente estava generalizado em Inglaterra, A Joia das Sete Estrelas traduz o interesse quer na alegada selvajaria e degradação moral dos povos orientais, quer na sua beleza exótica e na sua opulência. Publicada originalmente em 1903, na sequência do célebre Drácula, esta versão do romance nunca foi reeditada desde então. Uma história de possessão e de reencarnação, baseada num profundo conhecimento da Egiptologia. "O seu melhor romance sobrenatural". - The Times


A minha opinião:


Na minha opinião não considero que este livro seja de terror, posso classifica-lo como de suspense, mas não é um livro que meta medo.

Uma história bastante interessante, com uma boa estrutura, os personagens são bem descritos e o tema está bem desenvolvido sobre as maldições das múmias do Egito, as crenças que mesmo depois de mortos os faraós podiam regressar ou ter uma nova vida nos Campos Elysées.

Existe desde o principio um grande mistério que envolve o pai da Margaret, o Sr. Trelawny, que se encontra num estado comatoso no seu próprio quarto, onde se pensa que tenha sofrido um ataque que uma entidade que não deixou qualquer pistas para que os detetives da Scottland Yard, possam descobrir o que se tinha passado. Mas com a ajuda do advogado Malcom Ross, e com o aparecimento do Sr Euguene Corbeck, egiptólogo ajudante do Sr. Trelawny, descobrem novas informações para resolver a maldição da mumia da Rainha Terra.

quinta-feira, junho 20, 2013

2ª Oportunidade - James Patterson

Lindsay Boxer, detective, é determinada e corajosa. Cindy Thomas, jornalista, é uma jovem brilhante e espevitada. Claire Washburn é médica-legista, competente e intuitiva, e Jill Bernhardt é uma advogada ambiciosa e viva. As quatro formam o Clube das Investigadoras e mostram-se determinadas a encontrar criminosos a todo o custo.

Uma menina de 11 anos morre quando um maníaco abre fogo contra uma igreja. Uma idosa é encontrada enforcada. Em comum, as vítimas têm apenas o facto de serem negras. Lindsay Boxer, depois de ter resolvido o trágico caso do «Assassino dos Noivos», é designada para o caso e desconfia que se trata de algo mais do que uma onda de crimes raciais. Lindsay acredita que os dois crimes foram cometidos por um assassino em série e que duas das vítimas estavam indirectamente relacionadas com a polícia. Um símbolo detectado nas cenas do crime conduz a um grupo racista, mas o assassino volta a atacar, deixando pistas deliberadas e iludindo a polícia com inteligência. Entretanto, cada uma das quatro amigas corre o risco de vida, e o assassino sabe exactamente quem são e onde as encontar.

quarta-feira, junho 19, 2013

O Amor nos Tempos de Cólera - Gabriel García Márquez

O Amor nos Tempos de Cólera constitui na obra de Gabriel García Márquez um marco equiparável ao do célebre Cem Anos de Solidão, considerado até hoje, a sua obra-prima.

«O Amor nos Tempos de Cólera é um romance (...) onde se fundem o fulgor imagístico, o difícil triunfo do amor, as aventuras e desventuras da própria felicidade humana (...) Ao longo dum flash-back de quatrocentas páginas vertiginosas, compostas numa espécie de pauta estilística e musical, da qual não estão sequer ausentes o humor, a poesia e a vertigem das imagens (...) o leitor recupera o ritmo encantatório duma escrita que não tem conhecido imitadores à altura.»

sexta-feira, junho 14, 2013

O Diário de um Banana 7 - o Emplastro - Jeff Kinney

O amor está no ar… Mas será que vai apanhar o Greg?
A Festa de São Valentim na escola do Greg está a deixá-lo em parafuso. Por mais que se esforce, não consegue convencer nenhuma miúda a acompanhá-lo, e está a ver que vai ter de ir sozinho. O seu amigo Rowley também não tem par, mas isso não lhe serve de grande consolo.

De repente, a sorte parece bater-lhe à porta, e o Greg consegue finalmente encontrar um par para a festa, o que quer dizer que o Rowley é o único desemparelhado. Só que muito pode acontecer numa noite...
No fim, quem vai ter sorte ao amor e quem vai ser O EMPLASTRO?
A minha opinião:
Mais uma vez..Greg consegue arranjar confusão na Festa de S. Valentim da sua escola. Tudo acontece pois no principio pensa que vai se fácil arranjar um par para a festa sem ter que se preocupar e sem ter que convidar nenhuma colega.. mas depois entra em pânico e quando todas as colegas que ele gostava de convidar já têm os seus pares, começa a fazer das suas confusões… todas bastantes divertidas e cumplicidade do seu amigo Rowley… De leitura leve, rápida e bastante humorística… um excelente livro para ler nas férias de verão que já se aproximam.

quinta-feira, junho 13, 2013

Perfume de Jasmim - Jude Deveraux

Charleston, 1799: Catherine Edilean Harcourt não tem falta de pretendentes na Virginia, e espera realizar o seu sonho de casar e ter uma família. Mas o espírito aventureiro do Cay é despertado ao visitar o seu padrinho na Carolina do Sul. Acamado com uma perna partida, ele pede a Cay que o substitua numa missão urgente: a caminho de um baile de máscaras, ela deve entregar um cavalo selado ao filho de um velho amigo… que por acaso também é um fugitivo acusado de assassinar a mulher! Cay concorda com o plano, que não corre nada como planeado... e encontra-se em fuga com Alexander McDowell. Embora devesse temê-lo, Cay sente-se atraída para Alex e convence-se da sua inocência enquanto procuram refúgio nos Everglades da Florida. Será que confiar nele vai ser o pior erro da sua vida? Ou apaixonarem-se será a salvação que ambos procuravam?

terça-feira, junho 11, 2013

Fun Home - Uma Tragicomédia Familiar - Alison Bechdel

Best-seller internacional e obra pioneira, Fun Home descreve a relação frágil que Alison Bechdel manteve com o pai ao longo da sua infância e adolescência. Na sua narrativa, a história íntima e pessoal de uma família transforma-se numa obre cheia de subtileza e poder.

Exigente e distante, Bruce Bechdel era professor de Inglês e dirigia uma casa funerária - a que Alison e a família chamavam, numa pequena piada privada, a «Fun Home». Só quando estava na universidade é que Alison, que recentemente admitira aos pais que era lésbica, descobriu que o pai era gay. Umas semanas depois desta revelação, Bruce morreu, num suposto acidente, deixando à filha um legado de mistério, complexos e solidão.


«Uma autobiografia marcante, que tem tanto de romance como de comic; a narrativa é ágil, veemente e mordaz, e o traço descreve um mosaico perfeito que transporta o leitor para o ambiente claustrofóbico da casa da família Bechdel.»
ABC

«Uma história elegante, subtil e muito cativante.»
Publishers Weekly

«Uma história agridoce da relação entre um pai e uma filha; uma memória cativante, quase dolorosamente franca e com uma riqueza de pormenor impressionante.»
New York Times

«Graficamente admirável e poeticamente impressionante.»
Stern

«Uma obra-prima.»
Village Voice

«Uma autobiografia esplêndida, generosa e inteligente, com uma profundidade e uma ternura que poucos livros conseguem alcançar.»
Entertainment Weekly

«Esta memória complexa e intensa é uma declaração de amor não só de uma filha ao seu pai mas também de uma leitora aos livros da sua juventude. Uma obra iluminada por humor, lirismo, inteligência e honestidade emocional.»
The Times of London

«Se calhar os fãs de BD têm razão: a melhor literatura do século XXI pode muito bem ser encontrada nos romances gráficos e não-ficção. Fun Home é gráfico no seu conteúdo e no seu estilo, e é um representante admirável deste género literário emergente.»
USA Today

«Fun Home está pontuado de compaixão, frustração, arrependimento e amor - sempre com uma ironia literária que nos faz pensar acerca da tarefa quase impossível de sermos fiéis a nós mesmos e àqueles que fizeram de nós quem somos.»
Salon.com

«Uma magnífica obra literária.»
Welt am Sonntag

«Uma narrativa gráfica de invulgar riqueza, profundidade, qualidade literária e complexidade psicológica.»
Kirkus Reviews

«Inteligente, destemido e cheio de humor negro. Uma obra-prima sobre duas pessoas que vivem na mesma casa, mas em mundos diferentes.»
Time

101 Lugares para ter medo em Portugal - Vanessa Fidalgo

Em 2003, os atores interromperam espavoridos as gravações da telenovela O Teu Olhar. Estavam a ser atacados por forças sobrenaturais no castelo de Montemor-o-Velho. A 10 de outubro de 1982 um estranho fenómeno deixou a caseira da Quinta da Penha Verde, em Sintra, a tremer que nem varas verdes; uma verdadeira chuva de pedras caiu sobre a misteriosa quinta. Já se for à Serra da Estrela e visitar a Lagoa Escura vai poder ouvir falar do monstro que se esconde nas suas profundezas.
Entre as aldeias de Lamas de Mouro e Cubalhão, perto de Melgaço, há um local que se chama Botas de Cubalhão, que fica numa encosta onde não existe mais nada além de uma pequena encruzilhada. Conta-se que nessa encruzilhada existe um lobo, capaz de engolir todo e qualquer homem que se aproxime dele pela calada da noite, seja novo ou velho, fraco ou forte! E tudo porque o povo se fartou de encontrar naqueles caminhos escuros, botas, sapatos, pedaços de vestuário e até bocados de pés, que deram nome ao lugar e muitos motivos à imaginação. Numa terra conhecida como Torre da Mesqueira, no concelho de Albufeira, há uma encruzilhada que assusta muito boa gente. Um ponto obscuro entre caminhos onde, segundo a voz do povo, aparecem fantasmas, almas penadas e até mulas sem cabeça! Em pleno centro histórico de Lisboa, situa-se o Páteo do Carrasco que herdou o nome de Luís Alves, o último carrasco de Portugal. Há quem garante que ainda se ouvem os seus urros e gritos. No Palácio de Seteais há quem não consiga dormir no quarto 18. Ainda hoje o Aqueduto das Águas Livres causa arrepios quando se pensa no que aconteceu há 150 anos atrás, altura em que Diogo Alves por lá andava a matar as suas vítimas. Depois do sucesso de Histórias de um Portugal Assombrado, em 4.ª edição, a jornalista Vanessa Fidalgo leva-nos a 101 lugares em Portugal onde é impossível não ficar arrepiado….Um mapa do medo, que percorre ruas, casas e paisagens, contando histórias dos lugares onde passamos todos os dias, mas que estão marcados por acontecimentos terríveis, sejam eles crimes, manifestações do sobrenatural ou simplesmente o fantástico e maravilhoso lendário popular onde não faltam bruxas, fantasmas e aparições. O medo, dizem, é o maior inimigo do homem…

sexta-feira, junho 07, 2013

A Torre dos Anjos - Philip Pullman

Depois de «Os Reinos do Norte», segue-se agora «A Torre dos Anjos», o segundo volume da fantástica trilogia «Mundos Paralelos». Neste livro, Will, um jovem com apenas 12 anos carrega uma pesada recordação: matou um homem. Mas há outra circunstância que lhe inquieta o coração - o estranho desaparecimento do seu pai. Assim, na tentativa de descobrir o que se passou, Will salta por uma janela para outro mundo, o mundo de Cittagazze. Aí conhece Lyra, que tal como ele tem uma missão a cumprir. Mas nesta nova realidade os acontecimentos bizarros despertam uma atmosfera misteriosa, que se desenrola como pano de fundo da Torre dos Anjos, onde está guardado um poderoso segredo…
Esta é um livro onde, à luz da mitologia escandinava e da tradição cristã, o autor explora a possibilidade de existirem mundos paralelos, abrindo caminho no campo da subjectividade.

Diário de Aurora - Um Verão em Casa da Minha Avó - India Desjardins

Quase a fazer quinze anos, Aurora Laflamme toma uma decisão: tornar-se mais madura. Nem pensar em deixar-se invadir por todo o tipo de emoções incontroláveis! Pouco importa o final da sua relação com o Nicolas, os maus resultados escolares e o facto de a mãe ir de viagem com o seu novo namorado (possivelmente diabólico) para o outro lado do Atlântico! Aurora (ajudada por todo o chocolate que conseguir encontrar) quer manter-se zen. Felizmente, o ano escolar está quase a chegar ao fim, ela poderá finalmente respirar e pôr em prática a sua nova resolução! Mas como conseguirá fazer isso, se tem de se mudar de armas e bagagens para casa da avó, no campo, enquanto a melhor amiga, a Kat, vai passar um mês num campo de férias com cavalos, e o vizinho, o Tommy, vai regressar à sua cidade natal?

Aurora prepara-se para passar um verão a ouvir chilrear os pardais e a observar a dança nupcial das minhocas (enfim, deprimente!), sem sequer imaginar a quantidade de peripécias que a esperam…

A Ultima Demanda - Rui Cunha

Em A Última Demanda, acompanhamos um grupo de arqueólogos. De Lisboa a Tomar, de Tomar a Sintra, de Sintra a Luxor,… eles procuram vestígios dum artefacto sagrado que se pensa estar perdido há centenas de anos, artefacto esse que pode bem ser o mais importante objecto do mundo...que se calhar não está assim tão longe!

A Menina de Vermelho - Aaron Frisch

A menina de vermelho é uma versão moderna do conto clássico do Capuchinho Vermelho. O texto de Aaron Frisch, que relata a acidentada viagem de Sofia num dia de tempestade, acolhe - num estilo sóbrio - os seus principais argumentos narrativos: a avó doente, a floresta sombria, o lobo malvado e a menina de capuz vermelho.
As ilustrações de Roberto Innocenti, precisas até ao mais ínfimo pormenor, mostram a grande cidade como um território caótico, desigual, perigoso. E no coração desse labirinto de ruas e prédios fica «O Bosque», um lugar multiétnico repleto de cor e vida, a expressão máxima da sociedade de consumo, a comunicação e a tecnologia; com todos os seus defeitos, e aos quais se tece uma crítica contundente.
Esta adaptação também se destaca pelo desenho fragmentado das páginas, com blocos de texto separados das imagens, ao estilo da banda desenhada. Muitas gerações de meninos e meninas cresceram com este conto eterno, com um lobo feroz que agora viaja de mota, e com um final que - no caso de A menina de vermelho - tanto pode ser trágico, como feliz. Porque decorrendo no passado ou no presente, os contos são sempre mágicos.

Numa Mesma Noite - Leopoldo Brizuela

Leonardo Bazán, escritor, regressa a casa dos pais numa madrugada de 2010 quando testemunha, por acidente, um assalto à casa vizinha. Não é um assalto vulgar, pois é perpetrado por um grupo de crime organizado de que fazem parte agentes das forças da autoridade. Mas o que mais perturba o escritor é a recordação de um assalto de contornos semelhantes, ocorrido naquela mesma casa trinta e seis anos antes, pouco tempo depois da instauração da ditadura militar que engolia a Argentina numa onda de terror galopante.

As memórias de Leonardo, à altura com 13 anos, recuperam a figura de Diana Kuperman, antiga ocupante da casa assaltada e vítima de tortura psicológica pelo poder vigente. Mais do que apenas recordar, Leonardo questiona qual terá sido o papel do pai nos acontecimentos que levaram à detenção da vizinha. Para poder entender, Leonardo começa a escrever um romance, com o objectivo de resgatar e exorcizar um passado que tudo fizera para esquecer. Talvez assim possa salvar-se da sua própria cobardia.

Pista atrás de pista, o escritor aproxima-se do mistério, ao mesmo tempo que faz uma viagem pessoal pelo medo, pela reacção à brutalidade do poder e pela memória do terror e da cobardia. Um texto tão íntimo quanto político, tão confessional quanto misterioso.

Uma Questão de Escolha - Nora Roberts

Em Uma Questão de Escolha, Jessica Winslow, dona de uma loja de antiguidades, torna-se o alvo de uma rede internacional de tráfico de objectos de arte. James Sladerman é o polícia enviado para protegê-la, mas James terá que lutar não só contra o perigo, mas também contra o desejo que o envolve pela bonita antiquária... Leia a novela que inspirou o soberbo romance Tesouros Escondidos de Nora Roberts e envolva-se pelo mistério e suspense que o deixarão desejoso de ler a história até ao fim.