Insecta Shoes

sexta-feira, julho 23, 2010

Amamhã Vou...

de



a caminho de


quarta-feira, julho 21, 2010

Boas Musicas!!









Beijo Gelado - Richelle Mead

Comecei a ler este livro no dia 18/07/2010 e acabei no dia 20/07/2010.

Lissa Dragomir é uma princesa Moroi - um vampiro mortal com um laço inquebrável com a magia da Terra - e deve ser protegida dos Strigoi, os vampiros mais perigosos - os que nunca morrem. Rose Hathaway, a melhor amiga de Lissa, é uma Dhampir - nas suas veias corre uma mistura de sangue de ser humano e de vampiro. Rose tem como missão proteger Lissa dos Strigoi, que tentam por todos os meios tornar Lissa uma deles. Após dois anos de uma liberdade proibida, Rose e Lissa são apanhadas e arrastadas de volta à Academia São Vladimir, escondida nas profundezas da floresta de Montana. Aí, Rose deverá continuar a sua educação de Dhampir, enquanto Lissa será educada para se tornar a rainha da elite Moroi. E ambas voltam a quebrar corações na Academia. No entanto, é dentro dos portões de ferro de São Vladimir que a segurança de Lissa e Rose está mais ameaçada. Rose e Lissa vêem-se forçadas a deslizar por este perigoso mundo, resistindo à tentação de romances proibidos e nunca baixando a guarda, ou os Strigoi farão de Lissa um deles para a eternidade...



Críticas de imprensa
“Cativante”
Booklist

“Excelente, misterioso e delicioso.”
Publishers Weekly



Richelle Mead é uma leitora voraz, fascinada por mitologia e folclore. Autora reconhecida tanto pelo público como pela crítica na área da fantasia urbana para adultos, esta sua nova série, Vampire Academy, encontra-se já publicada em todo o mundo, tendo alcançado os lugares cimeiros das listas de best-sellers internacionais.

segunda-feira, julho 19, 2010

A Villa - Nora Roberts

Comecei a ler este livro no dia 10/07/2010 e acabei no dia 18/07/2010.

Sophia é a herdeira do negócio de vinhos da próspera família Giambelli. Sob ordens da sua avó, ela tem de aprender todas as etapas da produção de vinho. O seu tutor, Tyler MacMillan, é um jovem atraente com uma grande paixão pelas vinhas, mas apenas desprezo pelo mundo de negócios. À partida, esta promete ser uma parceria difícil, mas quando a reputação dos vinhos Giambelli começa a ser misteriosamente atacada, a difícil relação transforma-se num inesperado romance. Infelizmente alguém ambiciona destruir mais do que o negócio de vinhos. Mas só quando o pai de Sophia é morto e os membros da família se tornam suspeitos, é que a verdadeira dimensão da ameaça é revelada. Será que a própria família Giambelli está em risco? E o que pode um frágil amor perante tamanha teia de manipulação? O talento de Nora Roberts melhora com a idade – tal como um bom vinho – e poderá ser devidamente apreciado nesta história de amor e intriga, sobre a luta de uma família para encontrar a paz.



A minha opinião:
No inicio não estava a conseguir entrar dentro da história. Para para quem é fã desta iscritora, não desiste à primeira e têm que ler o livro até ao fim.É um romance identico aos que esta escritora já nos vêm habituando.



Nora Roberts (b. Eleanor Marie Robertson), is a bestselling American author of more than one hundred fifty romance novels. She was the first author to be inducted into the Romance Writers of America Hall of Fame. For the early part of her career Roberts wrote for the category romance line Silhouette which produces short romance novels. Her first full length release was the book "Hot Ice" in 1987. She continued to write for Silhouette until 2002 with the release of "Cordina's Crown Jewel." She is considered one of the most prolific romance writers ever

terça-feira, julho 13, 2010

Sangue Furtivo - Charlaine Harris

Comecei a ler este livro no dia 07/07/2010 e acabei no dia 09/07/2010

Sookie Stackhouse, uma empregada de bar na pequena vila Bon Temps, não é alheia a experiências sobrenaturais. Mas agora estranhos acontecimentos estão a mexer com a sua família e nunca antes o sobrenatural esteve tão próximo. Quando Sookie repara que os olhos do seu irmão Jason começam a modificar-se, ela percebe que ele está prestes a transformar-se numa pantera pela primeira vez - uma transformação mais rápida e intuitiva do que a maioria dos metamorfos que ela conhece.



Mas a preocupação de Sookie torna-se mais intensa e assustadora quando um atirador furtivo aponta a sua mira para os metamorfos locais, e os novos "irmãos" felinos de Jason começam a suspeitar que ele pode estar por trás dessa mira. Sookie tem até à próxima lua cheia para descobrir quem está envolvido nestes ataques... a menos que o atirador decida encontrá-la primeiro...

Charlaine Harris escreve romances de mistério além dos livros de Sookie Stackhouse. Vive no Sul do Arkansas com o marido, três filhos, dois cães, dois furões e um pato. Leitora ávida, cinéfila moderada e halterofilista ocasional, o seu passatempo preferido é incentivar os filhos em desportos variados, instalada em bancadas desconfortáveis.



A minha opinião:
Mais um livro desta excelente colecção.
Eu gosto muito da forma como esta escritora escreve, são bastante fáceis de acompanhar os pensamentos desta nossa amiga Sookie (que é bastante divertida).
E mais uma vez a lista de pretendentes da Sookie não para de aumentar... dois vampiros (O Bill e o Eric), três metamorfos e um lobisomem... não sei mesmo o que é que esta rapariga de Bon Temps tem!!!

Mas para quem já leu alguns livros desta colecção, agora não consegue parar de ler, para saber o que ainda mais vai acontecer.

segunda-feira, julho 12, 2010

quinta-feira, julho 08, 2010

quarta-feira, julho 07, 2010

O Hipnotista - Lars Kepler

Comecei a ler este livro no dia 02/07/2010 e acabei no dia 06/07/2010

Erik Maria Bark é o mais famoso hipnotista da Suécia. Acusado de falta de ética, e com o casamento à beira do colapso, jurou publicamente nunca mais praticar a hipnose nos seus pacientes e há dez anos que se mantém fiel à sua promessa. Até agora.
Em Estocolmo, uma família é brutalmente assassinada e a única testemunha está internada no hospital em estado de choque; Josef Ek, de apenas 15 anos, presenciou o massacre dos seus pais e da irmã mais nova, sendo ele próprio encontrado numa poça de sangue, vivo por milagre.



Nessa mesma noite, Erik Maria Bark recebe um telefonema do comissário Joona Linna solicitando os seus serviços – urge descobrir a identidade do assassino e para tal Josef deverá ser hipnotizado. Erik aceita a missão com relutância, longe de imaginar que o que vai encontrar pela frente é um pesadelo capaz de ultrapassar os seus piores receios.
Dias mais tarde, o seu filho de 15 anos, Benjamin, é sequestrado da própria casa. Haverá uma ligação entre estes dois casos? Para salvar a vida de Benjamin, o hipnotista deverá enfrentar os fantasmas do seu passado e mergulhar nas mentes mais sombrias e perversas que jamais poderia imaginar; o que tinha por difuso revela-se abominável, o que tinha por suspeito surge como demoníaco. Para Erik, a contagem regressiva já começou.
Uma leitura compulsiva carregada de suspense. Um mistério caracterizado por estranhos e inesperados contornos.

Lars Kepler é o pseudónimo de uma dupla de escritores de sucesso na Suécia: Alexander Ahndoril e Alexandra Coelho Ahndoril. O Hipnotista foi o primeiro livro que escreveram juntos.
Alexander Ahndoril nasceu em Estocolmo, em 1967. Dramaturgo e romancista, publicou o seu primeiro romance, The Director, em 1989 e é considerado um dos jovens escritores de referência na nova literatura sueca. A sua obra conta já com oito romances e quinze peças de teatro.



Alexandra Coelho Ahndoril nasceu em 1966. Filha de mãe portuguesa, cresceu em Helsingborg e vive em Estocolmo. Divide o seu tempo entre a escrita, a crítica literária e uma tese sobre Fernando Pessoa. Com o primeiro romance, Castle of Stars, publicado em 2003, obteve o Catapult Prize 2003 para a melhor obra de estreia, conquistando a admiração de milhares de leitores na Suécia. Entretanto, publicou já mais dois romances.

sexta-feira, julho 02, 2010

Paixão Bordeaux - Rosie Thomas

Comecei a ler este livro no dia 26/06/2010 e acabei no dia 02/07/2010.

Para Bell Farrer, uma jornalista de vinhos em ascensão, esta é a grande oportunidade da carreira: entrevistar o eremita Barão Charles de Gillesmont, do Château Reynard em Bordéus, e o génio dos negócios Valentine Gordon, da Adega Pedra Seca na Califórnia.
Comparar o Velho Mundo e o Novo, a paixão e o lucro, séculos de tradição e a mais recente tecnologia. Mas, subitamente, a carreira é a última coisa na cabeça de Bell.

Ao investigar a vida de ambos, descobre que a rivalidade dos dois ultrapassa o mundo dos negócios. Em tempos, eles disputaram o amor da mesma mulher. Mais do que adversários, tornaram-se inimigos. E tudo se agrava quando a história parece repetir-se, e Bell desperta em ambos o mesmo sentimento. Como pode ela, amar um, e sentir-se atraída pelo outro? Só aventurando-se à vez, em ambos os mundos, poderá finalmente reconhecer o seu lugar…



Rosie Thomas éa autora de vários romances famosos, onde se incluem bestsellers que atingiram tops de vendas, como White, The Potter’s House e, mais recentemente, Sol à Meia-Noite. A escritora reside em Londres. Quando era uma escritora reconhecida e os filhos estavam crescidos, descobriu a paixão das viagens e do montanhismo. Já escalou os Alpes e os Himalaias, participou no rally Pequim-Paris e, durante algum tempo, viveu numa pequena estação de pesquisa búlgara, na Antárctida. Para o livro "Conta-me os teus segredos", inspirou-se numa viagem ao Egipto e numa dramática incursão que fez ao deserto.



A minha opinião:

Fiquei um pouco desiludida com este livro. A história é bonita, sobre o amor nas belas paisagens de Bordeaux, França, mas como é bastante descritivo a sua leitura é um pouco complicada.

Será que o amor está onde nós procuramos encontrar, ou será que ele existe nos locais mais inesperados. Por vezes tentamos convencer-nos de que uma certa pessoa é o amor da nossa vida (o Sr. Certo, o Homem Perfeito, o Príncipe Encantado), mas no final isso acaba por não se confirmar.
E acabamos por encontrar o amor na pessoa que menos esperamos e que até tentávamos evitar ao máximo, pois tudo indicava que não era o TAL. Mas nas coisas do coração não conseguimos controlar e o Príncipe Encantado pode estar mesmo à nossa frente.